Como pagar menos impostos como profissional médico?

Como pagar menos impostos como profissional médico?

A complexidade do sistema tributário brasileiro e a elevada carga dos impostos são um grande entrave para os médicos, já que muitas vezes os tributos consomem grande parte da receita do negócio.

Além de existir uma grande burocracia para o cumprimento das obrigações acessórias — preenchimento de guia e emissão de documentos, por exemplo. Isso torna necessário que os médicos saibam como é possível pagar menos impostos. A boa notícia é que existem diversas formas para realizar essa ação de uma maneira completamente legal.

Para entender mais sobre como pagar menos impostos, bem como sobre os regimes e enquadramentos tributários, identificar o mais adequado ao seu negócio e conhecer as principais táticas para reduzir a carga tributária para médicos, continue a leitura deste post e entendo como isso é possível!

Quais são os tipos de enquadramento tributário?

Há três tipos de regimes que podem ser escolhidos pelos profissionais no momento de abertura da empresa ou no fim de cada exercício social, sendo que cada uma têm sua própria forma de tributação. Entenda-os!

Lucro Real

Nesse regime as alíquotas incidem diretamente sobre os lucros, sendo:

  • IRPJ é de 15%, existindo um adicional de 10% para lucros acima de R$ 20 mil;
  • CSLL gira em torno de 9%;
  • PIS e COFINS são, respectivamente, 1,65% e 7,6%.

Lucro Presumido

No lucro presumido, a partir de uma tabela prevista no artigo 15 da Lei 9.249/95, presume-se que determinado percentual das receitas é direcionado aos lucros, para depois as alíquotas serem aplicadas.

Essa é a modalidade mais utilizada por empresas médicas, já que com esse enquadramento os tributos federais totalizam cerca de 14,33%; somando-se pequenos percentuais de imposto municipal que varia conforme a localidade. Assim, a opção pelo lucro presumido pode trazer grandes economias para as finanças dos estabelecimentos médicos.

Simples Nacional

Esse é regime destinado às pequenas empresas que têm receita bruta de até R$ 4,8 milhões anualmente. As alíquotas dos tributos também são reduzidas, bem como a forma de recolhimento é simplificada, já que o pagamento de 8 tributos é unificado em uma guia. Mas, nem sempre esse regime será o mais vantajoso. É preciso identificar em qual anexo e faixa de faturamento a empresa se encaixa e realizar os cálculos necessários, sendo indispensável o apoio de contadores especializados para alcançar a melhor solução.

Como pagar menos impostos para clínicas médicas?

Separe a pessoa física da jurídica

Para realizar uma boa gestão financeira da clínica, é fundamental utilizar uma conta bancária pessoal e outra exclusiva para a pessoa jurídica. A separação das contas faz que as entradas e saídas da empresa sejam melhor discriminadas, permitindo que as despesas e custos do negócio sejam identificados de forma mais clara, bem como que o gestor tome medidas para reduzir os gastos do negócio.

Realize um planejamento tributário

O planejamento tributário consiste em um conjunto de estratégias e táticas que reduzem a carga tributária, que pode ser conseguida pela eliminação da incidência de determinados impostos. Além disso, pode ser feito a diminuição das alíquotas incidentes ou postergação do pagamento sem multas, o que concede mais tempo para que o negócio equilibre suas contas.

Para isso, é preciso que contadores especializados analisem as características do negócio e estudem formas de aproveitar benefícios fiscais, omissões na lei, mudanças no enquadramento tributário, entre outras ações.

Invista em uma contabilidade consultiva

A contabilidade consultiva especializada é um serviço onde os contadores atuam como consultores de negócios para os médicos. Eles realizam um diagnóstico dos problemas tributários, contábeis e fiscais da clínica e tomam as medidas necessárias para ajudar o empreendedor a solucionar os entraves.

Um exemplo seria a identificação de que o empreendimento está pagando tributos além do necessário, está com dificuldades em emitir documentos fiscais, o índice de erros e atrasos no cumprimento de obrigações é alto (o que gera multas), entre outros casos.

O contador especializado tomará as dores do médico e trabalhará ao seu lado para garantir o equilíbrio das contas, redução dos tributos e maximização dos ganhos. Como o Brasil apresenta uma alta carga tributária, esse é um assunto que deve ter bastante atenção pelos médicos brasileiros.

Agora que você sabe como pagar menos impostos do negócio e aumentar as chances de sobrevivência da empresa no mercado, siga nossos perfis nas redes sociais para se manter atualizado quanto as nossas publicações! Estamos no Facebook, Instagram e YouTube!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *