Você sabe a importância da gestão financeira para médicos?

Você sabe a importância da gestão financeira para médicos?

A gestão financeira para médicos é fundamental para a lucratividade do profissional, tendo em vista que se trata de um conjunto de ações implementadas com o intuito de controlar as entradas e saídas de dinheiro e melhorar os resultados financeiros do consultório.

Assim como em qualquer ramo de atuação, esse gerenciamento é vital para assegurar que o orçamento feche positivo no final do mês, além de ajudar em tomadas de decisões mais acertadas em relação ao investimento dos recursos.

Para ajudá-lo a melhor administrar suas finanças, elaboramos este conteúdo. Continue a leitura e saiba mais!

Como elaborar um planejamento eficiente para controle e previsão de gastos?

A fim de realizar uma boa gestão financeira para médicos, é muito importante se planejar bem. Para isso, realize um levantamento dos recursos financeiros usados no consultório e uma previsão de gastos.

Nele, é preciso inserir todos os custos do negócio, os gastos com materiais e equipamentos e demais itens. Também é necessário incluir as necessidades do estabelecimento e outras informações que achar pertinente.

Registre as finanças reais, dessa forma fica mais fácil realizar previsões concretas dos gastos e perceber o desenvolvimento do consultório quando for analisar os números futuramente.

Como realizar uma gestão financeira para médicos?

A seguir, separamos algumas dicas para que você consiga realizar uma gestão eficaz. Confira!

Faça um controle de fluxo de caixa

É preciso ficar atento a todas as movimentações do consultório, por menores que elas sejam. Esse controle pode ser feito por meio de um software específico que vai eliminar a necessidade de anotações manuais, evitando que erros ocorram. É imprescindível que todos os dados sobre as finanças sejam registrados.

Diferencie os valores a pagar e a receber

Fazendo essa diferenciação, você consegue identificar, de forma mais clara, toda a quantia que entra e sai do consultório. Para tanto, o ideal é contar com o auxílio de uma ferramenta para automatizar o processo e simplificar o acesso às informações. Isso evita, por exemplo, atrasos em pagamentos, o que muitas vezes gera juros e influencia o orçamento de forma negativa.

Esteja atento aos tributos

Muitos profissionais não sabem, mas, dependendo do formato do consultório e do seu faturamento, o estabelecimento pode ser tributado em impostos específicos ou conseguir isenção de alguns tributos estabelecidos em lei. Por isso, é muito importante conhecer quais são os regimes disponíveis, suas características e como funciona o recolhimento dos impostos para médicos.

Separe as finanças pessoais das finanças da empresa

Misturar as finanças particulares com as da empresa pode provocar vários problemas. Isso acontece quando o médico usa o consultório para pagar suas dívidas ou tira capital próprio para custear o negócio, por exemplo, na compra de materiais de escritório.

Entre os problemas causados ao misturar as finanças está a impossibilidade de avaliar a real situação financeira do negócio, impedindo que um planejamento adequado seja criado com o intuito de promover seu crescimento.

Conte com o auxílio de um profissional qualificado

Contar com a ajuda de um contador simplifica muito a gestão financeira para médicos. Com profissionais especializados, o índice de erros cai bastante, já que eles dedicam seu tempo e conhecimento para prestar um serviço de qualidade. Essa contribuição proporciona mais segurança e rapidez para qualquer negócio.

Agora que você já sabe a importância de realizar uma gestão financeira para médicos eficiente, não espere mais para colocar as dicas apresentadas em prática e garantir o crescimento sustentável do seu consultório.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para ficar por dentro de como pagar menos impostos como profissional médico e adquira um conhecimento melhor sobre o tema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *